Durante uma entrevista em um programa norte-americano a ex-psicóloga criminal do FBI Mary Ellen O`Toole, afirmou que os jogos violentos são um meio de identificar seres indivíduos com essas caracteristicas, mas os jogos não são uma causa direta da violência.


Segundo Mary “Pela minha experiência, jogos não causam violência”, em entrevista ao programa transmitido pelo canal CBS. “Entretanto, é uma das variáveis de risco que utilizamos quando fazemos uma avaliação de ameaça para pessoas que podem agir violentamente”.
Para sustentar a boa impressão dos jogos, o professor Christopher Fergusonda da Universidade do Texas, afirmou que os jovens utilizam jogos e até mesmo programas de televisao como um meio de descarregar sua raiva e energias violentas nesses meios.
Completa o professor”Acredito que temos de colocar essa discussão em uma perspectiva histórica. Todo tipo de nova mídia passa por um período chamado de `pânico moral`, no qual elas são culpadas de todos os problemas da sociedade”.
Nos Estados Unidos muito se fala da relação dos jogos e a violência. Principalmente após mais um tiroteio em uma escola no final do ano passado. Diversas opiniões existem a respeito dos jogos, o assunto está sendo investigado pela polícia local, já o presidente dos Estados Unidos Barack Obama falou do lado positivo dos jogos, que pode ser utilizado em escolas através de seu desenvolvimento e educação.
Qual sua opinião? Os jogos influenciam na violência?