Entrevista com BiDa

11 março 2015 | 1806 | 4
Entrevista com BiDa
Tivemos a honra de entrevistar Bernardo "BiDa" Moura, caster e player brasileiro. Ele √© mais conhecido por suas narra√ß√Ķes empolgantes e transmitir jogos internacionais em portugu√™s brasileiro. Foi um prazer¬†fazer essa entrevista, com respostas muito inteligentes!

"BiDa no 5¬ļ¬†Encontro da Games Academy na LGX Lan em 2014". (Fonte/Cr√©ditos: P√°gina pessoal BiDa)

[SITECS] Antes de tudo gostaria de pedir para voc√™ apresentar-se, conte mais sobre quem √© o BiDa fora da internet. [BiDa] N√£o entendi a pergunta, como assim vida fora da Internet? N√£o conhe√ßo vida fora da internet! Haha Antes de come√ßar a narrar, cursava Engenharia El√©trica na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), raz√£o pela qual me mudei para Florian√≥polis. Hoje vivo em torno das streams, sempre procurando transmitir o m√°ximo de jogos e fazer stream jogando sempre que poss√≠vel. [SITECS] BiDa, sabemos que voc√™ n√£o come√ßou como narrador no CS:GO e teve alguma experi√™ncia com o CS¬†1.6. Poderia nos contar um pouco da sua hist√≥ria como jogador? [BiDa]¬†Conheci o CS em 2002 quando estava na 5a s√©rie do ensino fundamental. Fui convidado por um amigo a ir em uma "lan house" palavra que nunca tinha ouvido falar, chegando l√° fiquei na fila por 2 horas para jogar 1 hora por R$5, essa horinha foi suficiente para gostar do jogo e querer voltar mais vezes.Nos anos seguintes frequentei semanalmente in√ļmeras lans na minha cidade e inclusive fiz parte do time de Battlefield e de CS de uma delas. Campeonatos joguei poucos e pequenos, sempre com p√©ssimos resultados sendo eliminado na primeira ou segunda rodada. Desde aquela √©poca, minha vida sempre girou em torno de 3 jogos principais: Counter-Strike (1.5, 1.6 e hoje GO), Warcraft III (depois DotA e hoje Dota2) e Priston Tale. Poderia jogar outros jogos nas horas vagas, mas esses 3 sempre voltavam. Acredito que foi em 2007, quando cursava o 2o ano do ensino m√©dio, que deixei de lado o CS de vez e s√≥ fui voltar no in√≠cio de 2012, quando foi hosteado um servidor de CS1.6 na Faculdade onde estudava e anunciaram que seria feito um campeonato de CS nos "Jogos Sedent√°rios" (campeonato de sinuca, truco, FIFA, ...). Fui lentamente atra√≠do de volta ao Counter-Strike at√© que ouvi falar de uma nova vers√£o que estava vindo, CS:GO. Tinha certeza de que o jogo seria muito ruim, mas comprei na pr√©-venda s√≥ pra ver como era. Primeira impress√£o foi p√©ssima, jogo ruim, servidor lagado (MM na √©poca s√≥ tinha servidor gringo), jogadores muito ruins (na √©poca ningu√©m tinha patente, portanto era uma bagun√ßa)... Continuei jogando 1.6 e s√≥ casualmente jogava CS:GO com um amigo meu de outro jogo. No mesmo ano, parei completamente com o 1.6 e migrei pro CS:GO, assistindo NiP vencer torneio atr√°s de torneio e me espelhando bastante no melhor jogador da √©poca, GeT_RiGhT. Conheci a Twitch nessa √©poca e acompanhava duas streams: brunobit1 e gafallen. Em 2013 esses dois monstros vieram a ser meus professores na GA, onde fiz os dois meses que foi oferecido aulas do jogo e ap√≥s o t√©rmino das atividades no CS:GO, continuei o contato com o FalleN e junto do G-5 entramos no mundo competitivo criando conte√ļdos para o YouTube da GA. [SITECS] Quando resolveu deixar de ser jogador para come√ßar a narrar? E qual o motivo de tal escolha? [BiDa]¬†Em 2013 come√ßaram a surgir cada vez mais campeonatos e o CS:GO come√ßou a ganhar muita aten√ß√£o mundialmente, o √ļnico narrador em atividade no Brasil era o FalleN e est√°vamos procurando algu√©m pra assumir esse papel, eu como sempre fui muito t√≠mido e nunca quis tentar, mas quando precisava estava de comentarista. Quando anunciada a DreamHack Winter 2013, me programei junto do FalleN pra transmitir todos os jogos do campeonato, sempre com ele narrando e eu comentando, por√©m acabou dando errado... Os jogos come√ßavam √†s 5:00 da matina pra n√≥s no Brasil e o Fall acabou n√£o conseguindo dormir cedo pra acordar na madrugada, resolveu tentar virar a noite. Acabando o terceiro jogo ele me disse estar morto, me passa acesso ao computador dele por Team Viewer e diz pra eu narrar a partida no auto director que ele iria dormir. Preciso nem dizer que narrei muito mal, sabia nada do assunto, mas fui tentando aprender na hora. V√≠deo de uma das primeiras partidas que "narrei":¬† https://www.youtube.com/watch?v=q6TAqntxnkM Um m√™s depois finalmente chegou meu novo computador, um onde poderia jogar com FPS alto e at√© mesmo streamar eu jogando. O que fiz, por 1 m√™s exclusivamente jogando. At√© que em fevereiro surge uma outra DreamHack (Invitational) em que o FalleN n√£o poderia transmitir. Assumi a bronca e resolvi narrar este campeonato. Sempre que me dedico a uma coisa, eu dou tudo por ela, foi assim no col√©gio para passar na faculdade federal, no Priston Tale dedicando por 1 m√™s todos os dias da meia noite at√© √†s 8 horas da manh√£ ficar "upando" os meus bonecos e de outras pessoas em troca do dinheiro do jogo. At√© o CS:GO, que abracei praticando in√ļmeras horas ao dia e criando v√≠deos para "recrutar" novos jogadores e melhorar os existentes. Percebi atrav√©s do Anders Blume, na √©poca narrador da NiP TV junto do Albert, o qu√£o importante era a transmiss√£o dos jogos para o crescimento do jogo e era a melhor forma que tinha de disseminar o jogo. [SITECS] Existe alguma influ√™ncia passada, que o fez pegar gosto por narra√ß√£o de e-Sports? [BiDa]¬†Nenhuma, como disse sempre fui muito t√≠mido e nunca tive interesse por narra√ß√£o. Foi uma surpresa eu ter gostado e todo dia enfrento minha timidez. [SITECS] Nos √ļltimos campeonatos da ESEA, voc√™ tem jogado com o TST-BR. Poderia nos dizer de quem foi a ideia de formar esse time, e o motivo do mesmo? [BiDa]¬†A ideia do TST BR foi minha, mas a ideia de criar um time de streamers j√° era mais antiga e algo bem natural, provavelmente o primeiro que sugeriu foi algum viewer em nossas livestreams, durante a BGS comentamos na possibilidade de fazer alguma coisa assim, mas ficou s√≥ na conversa. O √ļnico problema de juntar os streamers era em termos de hor√°rio, todos tem suas responsabilidades com suas streams e tamb√©m fora delas. A liga ESEA foi o palco perfeito para essa a√ß√£o devido ao fato de n√£o serem hor√°rios fixos. S√£o apenas duas partidas por semana que podemos marcar nas horas que todos pudessem jogar. Acho que o objetivo principal era a divers√£o, tanto nossa quanto do p√ļblico, algo que alcan√ßamos em todo santo jogo que disputamos, seja nas minhas pinadas ou em algum dos coment√°rios realizados pelo time. Achei uma experi√™ncia muito legal e gostaria de repetir na pr√≥xima temporada da liga ESEA. [SITECS] Contando todas as organiza√ß√Ķes pelas quais voc√™ j√° passou, existe algum jogador que o marcou de alguma forma? [BiDa]¬†Em se tratando de equipes que joguei? Minha dupla de Stealth Army: Mauricio "G-5" Cardoso. Acho que form√°vamos uma boa dupla e sempre tivemos uma boa conviv√™ncia. Eramos a dupla mais nerd do CS:GO e t√≠nhamos as t√°ticas mais fdps do mundo, seja ela com pezinho maroto em p√≠xel invis√≠vel ou com bombas combinadas. [SITECS] Tendo em vista todos os campeonatos narrados em 2014 e 2015, voc√™ acha que a equipe brasileira que est√° nos representando tem boas chances nesse major? [BiDa]¬†Tenho muita confian√ßa nessa atual equipe da Keyd, na √©poca que o FalleN anunciou que Hen, Lucas e Fnx nao faziam mais parte da equipe dele, fiquei um pouco chateado. Os g√™meos sempre mostraram disposi√ß√£o e vinham melhorando muito, por√©m quando vi a nova equipe, tinha certeza que era a mais forte panela do Brasil. Meu receio √© o grupo da Keyd na competi√ß√£o, NiP √© sempre uma pedra no nosso sapato, desde 2012 quando o PG.TD viajou para a Europa pra disputar ESWC at√© a MLG X-Games em 2015 as equipes brasileiras sempre tiveram os suecos como oponentes. HellRaisers h√° muito tempo √© muito inst√°vel, por√©m sempre se mostraram muito fortes em MD1, inclusive vencendo do invenc√≠vel Fnatic durante o √ļltimo major. O oponente mais fraco s√£o os americanos da CLG, que s√£o bons amigos da equipe Brasileira e √≠dolos recentes do p√ļblico brasileiro. [SITECS] Qual foi o campeonato que voc√™ mais gostou de narrar? Por que? [BiDa]¬†Acho que o campeonato que mais gostei de narrar foi o MLG X-Games no in√≠cio desse ano. Foi um campeonato muito bem organizado e com jogos fant√°sticos. Aquele primeiro dia de fase de grupos onde todas as equipes ganharam e perderam um jogo foi algo memor√°vel. [SITECS] Ansioso pra narrar o Major? [BiDa]¬†Eu estou bastante empolgado pra narrar o campeonato, mas acho que estou mais ansioso para os jogos da KeyD do que qualquer coisa, torcendo muito por eles. [SITECS] BiDa, uma √ļltima pergunta. Cad√™ a geladeira? [BiDa]¬†Continua no mesmo lugar, quem trocou de c√īmodo fui eu! BATE-BOLA: Jogo: CrossFire¬† Arma: Scout Mapa: de_tuscan (CS 1.6) e Vertigo (CS:GO) Patente no CS:GO: √Āguia 2 Time estrangeiro: Torcia pro NiP no in√≠cio, hoje n√£o tenho preferidos. Time nacional: Em campeonatos nacionais s√≥ tor√ßo pro TST BR, nos internacionais tor√ßo pra equipe brasileira. Player estrangeiro: KennyS Player nacional: FalleN OFF-TOPIC: Uma banda: Linkin Park Prato preferido: Farofa Filme: Clube da Luta Livro: Capit√£es da Areia Para finalizar: [SITECS] Muito obrigado pela sua entrevista, agora deixamos esse espa√ßo para voc√™ dizer o que tiver vontade :D [BiDa]¬†Responder essa entrevista foi um prazer e espero ler v√°rias entrevistas como essas de outras personalidades! Obrigado pela oportunidade!
PhK

Coment√°rios

Hilton Cesar
Nilson
TuGh