Recentemente temos aguardado o desfecho da história dos jogadores que deixaram a g3x e CNB, grandes organizações no Brasil e que por motivos diferentes deixaram o cenário. Um mês após a CNB se retirar do cenário de CS:GO e a g3x  poucos dias depois a notícia que corria era que Renato “Nak” Nakano, Vitor “BLD” Junqueira e Arthur “prd” Resende estariam de malas prontas para continuarem a jogar juntos só que por uma organização que ainda não se havia informação.
c3c8ab0d-ae2d-4d8a-b52a-657e99933eb8
Muito se falava da possibilidade de Luis “peacemaker” Tadeu se juntar a esses três e com alguns outros players que eram muito citados como Vito “kng” Giuseppi e Lincoln “fnx” Lau no caminho ao cenário norte-americano, mas no meio do caminho Arthur “prd” Resende anunciou que havia sido retirado do projeto e com isso mais uma vaga foi aberta na tão misteriosa line.
Nos últimos dias Vito “kng” Giuseppe vinha se manifestando em suas redes sociais sobre o avanço e a assinatura do contrato é agora oficialmente divulgada a informação temos a organização sueca Orbit Gaming como a tal organização sobre o total segredo.
Diferentemente do curso natural dos times brasileiros a Orbit irá atuar no continente de origem da organização a Europa, uma decisão ousada e que também pode significar e muito para os players brasileiro que além disso resolvem o problema com os vistos que era constante.
 
A line-up da Orbit ficou da seguinte maneira
 
 
FOOTER