Sharks suspende pancc após denúncia de assédio sexual

8 janeiro 2021 | 378 | 0
Sharks suspende pancc após denúncia de assédio sexual

A organização decidiu suspender Fillipe “pancc” Martins, da yng Sharks, por um período de quatro a seis meses após ser acusado de assédio sexual por uma adolescente, que postou prints no Twitter.

A adolescente, que na época tinha 15 anos, postou conversas entre ela e Fillipe, que tem 22, que mostravam pancc pedindo para ter relações com ela, além de fotos íntimas. pancc sabia da idade da menina e pediu que ela mantivesse as mensagens entre eles.

No mesmo dia, o player postou uma mensagem no Twitter admitindo sua conduta e pedindo desculpa pelas ações.

https://twitter.com/sharksesportsgg/status/1347658341716209665

Ele teve seu salário reduzido e recebeu uma multa de 25%, sobre o salário, que será destinada a uma ONG que apoia mulheres vítimas de assédio virtual. Fora isso, pancc começará a frequentar sessões de terapia, que serão pagas pela organização.

De acordo com o anúncio feito pela Sharks, “o que se pretende é que o jogador entenda efetivamente e sinta que o comportamento é errado, que não é aceitável nem tolerado pela sociedade e pelo grupo.”.

Ainda conforme a equipe, “Para os yng Sharks, a posição mais fácil, rápida, barata e popular seria a demissão do jogador Pancc, mas entendem que o seu papel social não se coaduna com essa posição. Uma sanção tem naturalmente um carácter sancionatório/de punição, dissuasor para o próprio e para os outros em geral. Mas deve ter acima de tudo um carácter pedagógico e tornar-se num exemplo para a sociedade.”.

O jogador de 22 anos está entre várias figuras do eSport brasileiro que foram acusados de assédio/abuso sexual nos últimos dias. Lincoln “fnx” Lau também está entre eles. O bicampeão de Major foi acusado por compartilhar um vídeo de cunho sexual sem conscentimento.

Igor

Estudante de Publicidade e Propaganda, Athleticano sofredor, pintor de paredes do CS e escritor.

Comentários