Counter-Strike: Global Offensive

Follow
9.3

Incrível

10

User Avg

Scream anuncia sua aposentadoria do Counter-Strike

Adil “⁠ScreaM⁠” Benrlitom, conhecido por seus one taps, dá adeus ao CS e focará na sua carreira no VALORANT, jogo de FPS da Riot Games. Ele e seu time, fish123, assinaram contrato com a Team Liquid nesta sexta-feira, dia 7 de agosto.

Em entrevista à hltv.org, o belga disse que nunca tinha pensado trocar o CS por outro jogo, mas que sabia que em algum dia ele teria que seguir em frente.

ScreaM ganhou os olhos da comunidade por conta da sua mira precisa, mas isso acabou deixando-o “etiquetado” por tal. Apesar de ser um jogador que se sacrificava pelo time, ele disse, também, que nunca sentiu que pôde dar todo seu potencial.

“Eu estava jogando em posições ruins, aquelas onde eu sentia que tinha que me sacrificar, onde eu não pude mostrar todo meu potencial. Eu nunca senti que pude”, disse ScreaM à hltv.

Apesar disso, quando jogou pela G2, em 2016, Adil disse que se sentia mais confortável estando na organização francesa. Ganhou a ESL Pro League Season 3, passando por cima da Luminosity, o que lhe garantiu a medalha de MVP e terminou, junto com seu time, em segundo lugar no Ranking Mundial.

Entretanto, tudo que é bom, dura pouco. Algum tempo depois, ScreaM foi kickado da G2, chegou a treinar quase dois meses com a FaZe, onde jogaria no lugar de NiKo, mas, logo em seguida, o jogador bósnio foi contratado.

Então, Adil foi parar na Envy, mas começou a ficar frustrado e não estava se sentindo o mesmo dentro e fora do jogo. “Eu realmente tentei meu melhor, nós tínhamos um bom potencial, éramos um bom time, mas, toda vez que íamos jogar em LAN, não conseguíamos jogar da mesma forma com que jogávamos online”, disse o jogador.

Depois de quase um ano sem time, ScreaM foi parar em seu último time, a GamerLegion. Jogou seu último campeonato em LAN, o Good Game League, e foi para o banco do time.

“A oportunidade que eu tenho agora é no VALORANT e ficar no banco não fez bem a mim. Eu preciso ter motivação, ter um objetivo. Não é possível ficar no banco e não fazer nada, porque eu tenho muito potencial. Se as pessoas não viram meu potencial no CS, vou mostrar a eles no VALORANT.”, falou Abil.

Quando questionado se tinha algo a dizer aos fãs e a comunidade de Counter-Strike, ScreaM agradeceu a todos que o apoiaram e espera que, da mesma forma que aconteceu no CS, as pessoas ainda respeitem-no e continuem dando o amor e apoio que ele sempre teve.

Estudante de Publicidade e Propaganda, Athleticano sofredor, pintor de paredes do CS e escritor.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password