Counter-Strike: Global Offensive

Follow
9.3

Incrível

10

User Avg

Números e fatos do ELEAGUE Major 2017

Sem dúvidas o evento que começará em 22 e irá até 29 de Janeiro terá uma das maiores variedades já vistas em todos os majors organizados pela Valve.

O ELEAGUE Major 2017 irá ocorrer em Atlanta, Estados Unidos. A cidade de 440 mil habitantes (censo 2012) intrincada no estado da Geórgia, irá receber os melhores jogadores de CS:GO do mundo neste mês. E haja jogadores, no total o evento contará com 80 jogadores de 16 times e contando os coaches, teremos 94 integrantes das equipes na cidade. Dentre todos esses jogadores temos diversas nacionalidades e aqui deixamos a contagem oficial:

Por país (individual)

País Total
Dinamarca 14
Suécia 13
França 12
Ucrânia 11
Brasil,  Polônia e Estados Unidos 6
Rússia 5
Eslováquia e Cazaquistão 3
Noruega, Espanha, Canadá, Finlândia e Alemanha 2
Holanda, Bélgica, Portugal, Bulgária e Bósnia e Herzegovina 1
Total 94

 

Por país (times)

País Total
Sem país específico 6 (FlipSid3 Tactics, Na’Vi, mousesports, FaZe Clan, OpTiC Gaming, HellRaisers)
Dinamarca 2 (Astralis e North)
Suécia 2 (fnatic e GODSENT)
França 2 (Team EnVyUs e G2 Eports)
Brasil 1 (SK Gaming)
Estados Unidos 1 (Team Liquid)
Polônia 1 (Virtus.pro)
Cazaquistão 1 (Gambit Esports)
Total 16

 

Por continente (individual)

Continente Total
Europa 76
Américas 15
Ásia 3
Total 94

 

“Dinamarqueses na frente dos suecos, que é históricamente o berço do CS” (Fonte/créditos: HLTV.org)

Sem dúvidas, o domínio Europeu no CS:GO ainda é grande, porém, começamos a ver diversos países europeus representados no cenário, como é o caso da Espanha, que pela primeira vez na história terá 2 jogadores em um major. O país já contou com 1 espanhol na ESL One Cologne 2016, onde o jogador Oscar “mixwell” Cañellas participou pela equipe da OpTiC Gaming. Outro fato curioso é a Gambit, que deixou de ter predominância Russa e passou a ser Cazaque. O time contou com 3 russos e 2 cazaques em Cologne e agora conta com 3 cazaques, 1 russo e 1 ucraniano.

 

Outros números e fatos

Dos 8 desafiantes (challengers) deste major, 6 foram desafiantes do major passado. São eles: FaZe Clan, mousesports, G2 Esports, EnVyUs, OpTiC Gaming e North (ex-dignitas). Os outros 2 (FlipSid3 Tactics e Gambit Esports) são agora lendas (legends).

Outro fato é de que o time sueco da Ninjas in Pyjamas ficará de fora de um major pela primeira vez na história dos majors de CS:GO. O time que foi campeão da ESL One Cologne 2014 e vice-campeão 4 vezes, caiu na fase de grupos do último major e precisou disputar um qualificatório para tentar uma vaga como desafiante no ELEAGUE Major 2017, porém acabou perdendo para o Vega Squadron por 16×02 e ficou de fora.

Dos 94 jogadores que estarão presentes neste major, 22 deles já conquistaram um título de major, são eles: os suecos JW, flusha, pronax,  krimz, olofmeister e znajder. Os franceses Happy, kioShima, NBK, apeX, kennyS, shox e SmithZz. Os poloneses NEO, TaZ, Snax, pasha e byali. E por fim: os brasileiros FalleN, fer, cold e TACO.

Juntando os títulos dos times participantes remetemos a 7 majors (3  fnatic, 2  SK/LG1  Virtus.pro, 1  EnVyUs) de 9 majors já disputados na história.

“Diversidade será ponto alto deste major” (Fonte/créditos: HLTV.org)

Histórias de vida

O participante mais velho do torneio será  Robert “RobbaN” Dahlström, lenda do CS 1.6, que hoje tem 31 anos, seguido de perto por  Danny “zonic” Sørensen e  Wiktor “TaZ” Wojtas com 30 anos. Os participantes mais novos serão  Jonathan “EliGE” Jablonowski,  Alexandre “bodyy” Pianaro,  Oleksandr “s1mple” Kostyliev,  Kristian “k0nfig” Wienecke e  Keith “NAF” Markovic, todos com 19 anos.
* podem existir outros jogadores mais velhos ou mais novos, porém, o que existe de registro são esses

“TaZ o um dos jogadores mais velhos de CS:GO” (Fonte/créditos: HLTV.org)

Recordes e novidades

Este será o major mais longo da história do CS:GO, a competição ocorrerá em 8 dias, 3 a mais que o detentor do antigo recorde, DreamHack Cluj-Napoca 2015 que foi realizado em 5 dias na Romênia e teve como campeão a EnVyUs.

Também será o primeiro major televisionado em cadeia nacional por um canal de TV fechado nos Estados Unidos. Fato parecido ocorreu no Brasil, onde a final da ESL One Cologne 2016 foi transmitida no canal SporTV.

Este será o terceiro major a premiar com US$1,000,000 (cerca de R$3.000.000,00 na cotação atual).

É o segundo major realizado em solo estadunidense. O primeiro foi MLG Columbus 2016.

Será o primeiro a ter formato suíço como forma de competição.

“Esperamos quebrar também o recorde de público/telespectadores” (Fonte/créditos: HLTV.org)

Por fim, este será um grande evento com proporções que podem mudar de vez o rumo do CS:GO mundial, mais investimentos, mais torneios e quem sabe até mais apoio da Valve para as equipes. Esperamos que esse seja também um major que termine com comemoração verde-amarela e que nossos representantes vençam e tragam o título para solo tupiniquim.

“Será que a equipe comandada por Gabriel ‘FalleN’ Toledo terá capacidade de vencer mais um e igualar-se à fnatic?” (Fonte/créditos: HLTV.org)

Diga o que você pensa nos comentários, compartilhe e curta. Não esqueça que teremos uma cobertura completa aqui na SITECS.

 

PhK
Paulo Henrique, 19 anos, estudante a Bacharel de Sistemas de Informação pela FACET em Curitiba no Paraná. Staff do SiteCS desde 2010.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password