Duas semanas antes do início da primeira partidas de um dos maiores eventos de Counter-Strike Global Offensive da história, a MLG organizadora do evento anuncia dois grupos e também os dois mais importantes, logo que tem os dois times mais cotados para disputarem o título os suecos da Fnatic e os brasileiros da Luminosity Gaming.
Grupo A:
Luminosity Gaming (Brasil)                        
Ninjas in Pijamas (Suécia)
Mousesports (Alemanha)
Flipsid3 Tatics  (Ucrânia)
Tudo leva a crer que a classificação da LG está garantida, vale lembrar que, as lines da LG (desde o primeiros majors disputados de Fallen e cia) nunca passou das quartas de final, mas é muito importante essa vaga nas quartas de finais pois ela garante a classificação para o próximo major. No último campeonato onde essas equipes jogaram a IEM Katowice, a LG enfrentou o N.I.P. e perdeu por 16-13 mais por displicência da line brasileira do que méritos dos suecos, o time do Mousesports também foi outro adversário na IEM Katowice, em uma disputa onde deu tudo certo para Gabriel ‘Fallen’ Toledo a line alemã tomou uma virada histórica da line brasileira, na partida entre alemães x suecos vitória fácil dos alemães por 16-8, já o Flipesid3 Tatics não disputou a IEM Katowice, é talvez a equipe mais fraca do grupo, mas vale lembrar que a vaga do major foi conquistada em cima da Tempo Storm . Tudo leva a crer que possivelmente teremos a LG chegando mais longe neste que é um dos maiores torneios da história do CS:GO, a outra vaga do grupo deve ficar entre N.I.P. e Mousesports.
MGL1
Grupo B:
Fnatic (Suécia)
Faze (UE)
Splyce (EUA)
Liquid (EUA)
Fnatic é Fnatic, em um grupo onde provavelmente se classifique em primeiro  a maior disputa será entre a Faze e o Team Liquid, já o Splyce corre por fora como azarão do grupo, ou seja o sortudo por ter chego tão longe após passar por um grupo teoricamente fácil no qualificatório (CLG, Vexed e SK Gaming) o que surpreendeu foi a primeira colocação neste grupo.
Simplesmente o Fnatic é aguardado para enfrentar ou LG, EnVyus ou NaVi na final, o tier 4 está montado falta as definições de quem enfrenta quem, os suecos com sua tradição e experiência chegam bem cotado para o primeiro major em solo americano, o time dos Astralis ex-TSM tem tido uma queda de rendimento muito alta e deve despencar do ranking da HLTV.org após este major.
Grupo C:
EnVyUs (França)
Astralis (Dinamarca)
Gambit (UE)
CLG (EUA)
O grupo C com certeza se não terminar com EnVyUs e Astralis como classificados será uma grande surpresa, CLG e Gambit são os times mais fracos e um grupo onde tem dois dos 5 melhores organizações do mundo fica mais fácil prever. O Gambit estreia em majors e o CLG vem para mais uma edição.
Grupo D:
NaVi (Ucrânia)
Virtus.Pro (Polônia)
G2 (França)
Cloud 9 (EUA)
Os Ucrânianos do NaVi evidentemente são a equipe mais forte, disputando com a equipe da LG quem é a segunda melhor equipe no momento, entra em um grupo onde enfrenta um Virtus.Pro vindo de péssimos resultados, G2 empolgado após a campanha no qualificatório para o major e um Cloud 9 que não vive um de seus melhores momentos. O fato é que se os poloneses do VP arrancar essa segunda vaga que deve ser da G2 será surpreendente, o C9 está como azarão no grupo tem feito campanhas abaixo da média desde a primeira edição da ESL ESEA NA onde ficou em primeiro não conseguindo mais nenhum resultado em torneios internacionais de maior expressão.
Esse torneio deve marcar a primeira vez que o Virtus.Pro não sejam legends (Classificados para a segunda fase ganham convite direto para o próximo major), ou sera que Pasha e cia irão retornar a velha escola polonesa de CS:GO e surpreender com seus Resultados?
O MLG Columbus acontece entre os dias 29/03 e 03/04.