KaBuM perde seu time de Global Offensive

25 fevereiro 2015 | 225 | 0
KaBuM perde seu time de Global Offensive
Bem, voc√™ h√° alguns dias atr√°s viu a nossa grande alegria em postar em nosso site que uma equipe de Global Offensive brasileira iria participar de um grande torneio na Pol√īnia, a ESL One Katowice, torneio este, que iria distribuir por volta de U$ 250 mil d√≥lares em premia√ß√Ķes. Pois bem, hoje voltamos aqui para dar uma not√≠cia triste, nossos representantes (KaBuM! e-Sports) n√£o vai mais participar deste torneio, devido a uma s√©rie de problemas, desta vez n√£o vamos aprofundar muito, mas caso queiram, podem ler a nota que a equipe da KaBuM! e-Sports publicou em sua p√°gina do facebook, de antem√£o podemos afirmar que existem boatos que os mesmos jogadores estariam indo para outra famosa e potencial equipe do nosso cen√°rio brasileiro, a Keyd Stars, por√©m n√£o √© nada certo, FalleN & CIA ainda est√£o em busca de novos patrocinadores. csgologo1

Boatos que os jogadores agora conhecidos como 'Games Academy' estariam acertando negocia√ß√Ķes com a Keyd Stars. [Foto: Teamplay.com.br]

Segue, a nota oficial da KaBuM! e-Sports: "Assim como em outras ocasi√Ķes, o KaBuM! e-Sports nunca mediu esfor√ßos para esclarecer √† comunidade gamer do Brasil detalhes internos que coordenam suas modalidades criadas ou patrocinadas, que at√© a data de hoje eram representadas por duas equipes pr√≥prias do jogo League Of Legends¬†e uma patrocinada de Counter-Strike Global Offensive¬†¬†Infelizmente, mais uma vez, trazemos a not√≠cia de que n√£o contamos mais com representantes no CS:GO. Antes que voc√™, nosso f√£, tire qualquer conclus√£o, pedimos que sua aten√ß√£o seja voltada para o texto a seguir onde esclarecemos e contamos toda a trajet√≥ria das duas tentativas de parceria com a equipe de FPS, ambas acordadas diretamente com o l√≠der da equipe e jogador, Fallen. O projeto do KaBuM! e-Sports nasceu atrav√©s do League of Legends. O potencial crescimento do jogo no cen√°rio brasileiro levou a companhia a investir em uma equipe que estava prestes a ser dissolvida por falta de incentivo e estrutura - Nascia assim o KaBuM! e-Sports, organiza√ß√£o de jogos eletr√īnicos fundada e financiada pelo KaBuM! (www.kabum.com.br), maior e-commerce de eletr√īnicos e inform√°tica do pa√≠s e com um grande objetivo: Investir, incentivar e impulsionar o cen√°rio de e-sport no brasileiro. O projeto evoluiu, resultados foram alcan√ßados no curto e m√©dio prazo e um plano de expans√£o para outros jogos foi iniciado, no modelo de patroc√≠nio. Os jogos foram FIFA, CrossFire e CS:GO. Um dos √≠cones do FPS brasileiro e manager do KaBuM! e-Sports, Bruno Bit, apresentou √† organiza√ß√£o uma equipe que, com incentivos, poderia novamente trazer a tona o cen√°rio do FPS brasileiro e reativar o interesse de outras organiza√ß√Ķes naquela modalidade (o que se encaixava totalmente em nossa estrat√©gia de investir, incentivar e impulsionar o cen√°rio) ‚Äď Mesmo estando este cen√°rio, naquele momento, em decl√≠nio. Fomos, inclusive, chamados de ‚Äúinsanos‚ÄĚ por investir em um jogo que ‚Äúj√° deu o que tinha que dar‚ÄĚ. Todos os jogadores da primeira forma√ß√£o do KaBuM! FPS, conhecida pela ‚Äúvolta dos mitos‚ÄĚ, tinham contrato de patroc√≠nio com o KaBuM! e-Sports e recebiam essa verba mensalmente, cada um diretamente em sua conta banc√°ria particular. O potencial destes jogadores somados ao nosso patroc√≠nio resultou em sucesso inicial enorme e, rapidamente, chegamos a v√°rias conquistas. Mesmo com poucas competi√ß√Ķes e a grande maioria delas com baixa express√£o e exposi√ß√£o, o KaBuM! e-Sports manteve integralmente o acordo firmado entre organiza√ß√£o e equipe. Infelizmente, pouco tempo depois, ocorrera um episodio relacionado √† conduta de um dos jogadores da equipe que abalou o relacionamento entre o KaBuM! e-Sports e a equipe, j√° que, mesmo os jogadores e seu l√≠der compreendendo que tal atitude tomada pelo jogador fosse injustific√°vel, a troca do jogador n√£o seria aceita e realizada pela equipe. N√≥s, como patrocinadores, aceitamos tal decis√£o tomada pela equipe e concordamos em dar uma segunda chance ao jogador. Lamentavelmente, devido ao fato ocorrido, um determinado ‚Äúesfriamento‚ÄĚ na rela√ß√£o com a equipe se iniciou e, somado a enorme demanda trabalho criada pela equipe de League of Legends (em plena ascens√£o), fez com que um distanciamento fosse criado entre organiza√ß√£o e jogadores. Devido a esta demanda, o KaBuM! e-Sports, naquele momento, n√£o conseguiu atender as necessidades em que os jogadores da equipe de FPS se encontravam (mesmo, como sempre, cumprindo 100% do que havia sido acordado em contrato). Por uma decis√£o tomada por todos os jogadores, houve a solicita√ß√£o de cancelamento do patroc√≠nio. Os jogadores, a partir daquele momento, continuaram a treinar e jogar, por√©m com o nome de ‚ÄúGames Academy‚ÄĚ. A equipe, com enorme talento, foi convidada para jogar o ESWC 2014, campeonato Mundial ocorrido na Fran√ßa, no final de 2014. Uma campanha de crowdfunding foi iniciada pelos jogadores (liderada por Fallen) para o levantamento de recursos com o objetivo de participarem desta enorme oportunidade. O KaBuM! e-Sports se reuniu internamente, discutiu os pontos em que consideramos falhos por parte de nosso patroc√≠nio, estabelecemos melhorias e entramos novamente em contato com Fallen no objetivo de evitarmos que tal oportunidade fosse perdida pelos jogadores por falta de apoio. Em negocia√ß√Ķes diretas entre a Diretoria do KaBuM! e-Sports e Fallen, tudo foi passado a limpo e um novo contrato foi realizado entre a equipe e organiza√ß√£o ‚Äď Nele, contemplando equipamentos de alta-performance, recursos financeiros para os jogadores no custeio de alimenta√ß√£o, loca√ß√£o e manuten√ß√£o de uma Gaming House, al√©m de uma ajuda de custos quando houvessem campeonatos fora da cidade de S√£o Paulo (SP) e uma parceria extra que poderia aumentar ainda mais o valor mensal recebido pela equipe. Neste novo formato de patroc√≠nio, todo o valor firmado em contrato seria mensalmente pago ao l√≠der da equipe, Fallen, que seria o respons√°vel pela gest√£o e aplica√ß√£o dos recursos, da forma em que julgassem necess√°rio. Al√©m disso, o KaBuM! custeou adicionalmente mais de R$15.000,00 (Quinze mil reais) para compra das passagens atrav√©s da companhia a√©rea AirFrance, que ‚Äúcarimbou‚ÄĚ a participa√ß√£o da equipe no t√£o sonhado evento ESCW 2014. Ressaltamos que poucos dias ap√≥s a assinatura do novo contrato, fomos informados por Fallen que, em um acordo comum entre todos os jogadores, foi optado pela n√£o cria√ß√£o de sua pr√≥pria Gaming House. O KaBuM! e-Sports, novamente, aceitou a op√ß√£o tomada pelos jogadores e manteve o valor do patroc√≠nio integralmente, mesmo sem a cria√ß√£o de uma GH. O KaBuM!, at√© hoje, √© criticado por f√£s da equipe de FPS devido a equipe n√£o possuir uma Gaming House, mesmo esta escolha tendo sido tomada pela pr√≥pria equipe. A equipe realizou a participa√ß√£o no evento Europeu e, infelizmente, n√£o atingiu um resultado satisfat√≥rio (j√° parcialmente esperado, devido ao longo tempo de n√£o participa√ß√£o de uma equipe brasileira aos eventos internacionais de CS:GO). No retorno ao Brasil, Fallen, l√≠der da equipe, entrou em contato com o KaBuM! e-Sports informando que estava insatisfeito com a atual forma√ß√£o e que desejaria realizar a fus√£o entre o KaBuM! FPS e a Target Down, conhecida como ‚ÄúTD‚ÄĚ. A organiza√ß√£o foi informada que havia excelentes jogadores na outra equipe e que a soma de recursos financeiros vindos de ambas organiza√ß√Ķes (KaBuM! e-Sports e Target Down) faria com que uma equipe extremamente forte fosse criada, al√©m de evitar a necessidade de colabora√ß√£o da comunidade com doa√ß√Ķes, j√° que o apoio financeiro recebido de ambas seria suficiente para manuten√ß√£o da equipe e participa√ß√£o nos eventos. O KaBuM! e-Sports, mantendo seu objetivo principal de incentivar e impulsionar o cen√°rio nacional, acatou a fus√£o realizada por Fallen e uma nova equipe foi criada, conhecida como ‚ÄúKaBuM.TD‚ÄĚ. Vale ressaltar que, mesmo com a entrada de outro patrocinador, o KaBuM! e-Sports manteve todo o contrato de patroc√≠nio intacto, sem qualquer tipo de altera√ß√£o de cl√°usulas ou redu√ß√£o no valor do patroc√≠nio ‚Äď este valor, continuando sendo pago mensalmente e diretamente √† Fallen, l√≠der da agora ‚ÄúKaBuM.TD‚ÄĚ. Surgiu ent√£o, no inicio de 2015, a oportunidade para participa√ß√£o do evento MLG, ocorrido em Aspen, Colorado (USA) ‚Äď 100% financiado pela organizadora do evento. A equipe demonstrou uma evolu√ß√£o satisfat√≥ria em compara√ß√£o ao campeonato realizado na Fran√ßa. A equipe decidiu tamb√©m, aproveitando a proximidade de Aspen e Denver, jogar a competi√ß√£o Clutch Com. Durante esta viagem, surgiu o convite para a participa√ß√£o do ESL Katowice Qualifier, que ocorreria na Pol√īnia. A classifica√ß√£o neste evento resultaria na participa√ß√£o do ESL One, no mesmo pa√≠s. Para o espanto dos gerentes do KaBuM! e-Sports, recebemos um e-mail do l√≠der da equipe, Fallen, dizendo que para participa√ß√£o deste campeonato na Pol√īnia, seria necess√°rio o KaBuM! e-Sports realizar um aporte (adicional ao valor j√° pago mensalmente) para a equipe no total de R$27.000,00 (Vinte e sete mil reais). O KaBuM! e-Sports informou imediatamente que isso n√£o seria concedido pois, baseado no acordo em que foi criado a ‚ÄúKaBuM.TD‚ÄĚ, estas despesas, quando ocorridas, seriam pagas pelo outro patrocinador. Sem mais detalhes, Fallen iniciou novamente uma campanha de crowdfunding (financiamento coletivo) com a comunidade brasileira de CS:GO no intuito de arrecadar os fundos necess√°rios para a participa√ß√£o no evento. O objetivo foi atingido, a equipe participou do evento e se classificou para o ESL One. O KaBuM! e-Sports foi ‚Äúbombardeado‚ÄĚ por determinados f√£s, onde alegavam que n√£o invest√≠amos recursos financeiros na equipe. Em seu retorno ao Brasil, Fallen, l√≠der da equipe, entrou em contato com o KaBuM! e-Sports alegando que o contrato de patroc√≠nio deveria ser revisto pois os valores pagos mensalmente n√£o seriam mais suficientes para a participa√ß√£o nos campeonatos em que a equipe deseja participar. O KaBuM! e-Sports, no entanto, respondeu alegando que esta informa√ß√£o n√£o procede pois a soma dos valores pagos pelo KaBuM! e-Sports e pela Target Down seriam sim suficientes para o custeio das viagens em quest√£o ‚Äď Neste momento, de acordo com Fallen, o l√≠der da equipe alegou que nunca recebeu nenhum centavo da organiza√ß√£o Target Down e, assim, a equipe precisaria receber este valor adicional ‚Äď mas queria que este valor fosse pago pela KaBuM! e-Sports, j√° que ele n√£o tinha ‚Äúenvolvimento no acordo com a Target Down‚ÄĚ. A quest√£o principal levantada pela KaBuM! e-Sports foi: Como n√£o h√° envolvimento com a Target Down, sendo que Fallen arquitetou, coordenou, apresentou e executou o projeto de fus√£o entre as equipes? O KaBuM! e-Sports JAMAIS realizou qualquer reuni√£o ou discutiu contratos com a Target Down, j√° que nosso patroc√≠nio sempre foi exclusivamente para os jogadores. Neste momento, Fallen tamb√©m informou que os jogadores da equipe (incluindo ele) j√° estavam em busca de outro patrocinador caso n√£o aceit√°ssemos custear o valor mensal n√£o recebido pela outra organiza√ß√£o ‚Äď Mas, novamente para nosso espanto, n√£o apenas para substituir a Target Down e sim para substituir o KaBuM! e-Sports (que, fielmente, cumpria todas as cl√°usulas firmadas no contrato e todos os pagamentos realizados integralmente e em dia). Hoje, 23/02, ap√≥s conversa com Fallen, fomos informados que o contrato n√£o ser√° renovado e os jogadores j√° est√£o em negocia√ß√£o com outra organiza√ß√£o. Gostar√≠amos de informar tamb√©m que recebemos v√°rias cr√≠ticas de f√£s dizendo que ‚Äún√£o invest√≠amos‚ÄĚ no CS:GO porque as premia√ß√Ķes eram baixas ‚Äď Ressaltamos que isso n√£o √© relevante para nossa organiza√ß√£o pois n√£o t√≠nhamos nenhuma participa√ß√£o ou porcentagem no valor das premia√ß√Ķes conquistadas pela equipe de FPS. O KaBuM! e-Sports continuar√° investindo no cen√°rio do FPS brasileiro e, em breve, apresentar√° maiores detalhes deste novo projeto. O KaBuM! e-Sports entende que seu objetivo de investir, incentivar e impulsionar o cen√°rio de CS:GO no Brasil foi atingido. Fomos a √ļnica organiza√ß√£o a investir seriamente no CS:GO nos √ļltimos anos ‚Äď enquanto n√£o havia interesse nenhum por parte de outras organiza√ß√Ķes brasileiras - e entendemos que este projeto, somado ao talento dos envolvidos, fez despertar novamente o interesse neste incr√≠vel e √©pico jogo conhecido como Counter-Strike." A equipe de Global Offensive¬†da KaBuM.TD era formada pelos seguintes jogadores: ¬†Gabriel "FalleN" Sgu√°rio ¬†Fernando "fer" Alvarenga ¬†Caio "zqk" Fonseca ¬†Lucas "Steel" Lopes ¬†Ricardo "Boltz"¬†Prass Voc√™ que nos acompanha sabe que o SITECS √© uma organiza√ß√£o s√©rie e que j√° est√° h√° 12 anos contribuindo para o cen√°rio do Counter-Strike brasileiro, n√£o competitivamente √© claro, mas sempre promovendo o melhor do conte√ļdo para voc√™, seja em not√≠cias, downloads, utilit√°rios, f√≥rum e muito mais. √Č hora de n√≥s enxergamos para o nosso cen√°rio competitivo atual e se dar conta da import√Ęncia da equipe da KaBuM e-Sports!, que por vezes nos representou na Europa, Estados Unidos e v√°rios outros campeonatos, de grande e pequena import√Ęncia. O importante, √© que continuamos com estes jogadores com potencial grand√≠ssimo, estaremos na torcida por eles, para que possa promover o nosso cen√°rio competitivo e voltar a nossa "√©poca de ouro" onde est√°vamos entre os melhores do mundo.

Coment√°rios