Entrevista com G6  – Noto

Entrevista realizada pelo site ESBRA ESBR teve a oportunidade dessa vez de entrevistar o jogador José Augusto Teixeira Filho, mais conhecido como Noto do time capixaba de CS, groupofsix. Com 20 anos e morando em Vila Velha – ES, Noto trabalha em dois lugares: no porto e com o seu pai na revendedora. Atualmente cursa também a faculdade de Administração na UVV e quando não esta trabalhando, nem estudando, gosta de sair com os seus amigos pra night do ES. Confira as perguntas referentes à sua carreira de jogador:

ESBR: Olá, Noto. Antes de tudo, parabéns pelo 3° lugar do groupofsix no Brasil Cup 2. Fale um pouco sobre a sua carreira de jogador, quando tudo começou e por quais times já passou?

g6 – Noto: Desde que me mudei pro ES jogo cs e a 4, 5 anos jogo praticamente todos os dias, meu primeiro time foi o bloods time de amigos que tinha um pequeno apoio de uma lanhouse depois passei por alguns times como gamenotion, butcher time no qual conquistei quase 1 ano e meio de campeonatos aqui no es sem perder nenhum e depois injoy, ate entrar no revenge time no qual começou com o objetivo de ser um time de apenas campeonatos treinar nada e jogar camps, mais com o tempo o time foi trocando de idéia e de players visando o profissionalismo e conquistando resultados sempre satisfatórios para o momento esse revenge acabou virando o group of six time que me encontro no momento.

ESBR: A posição que o time conquistou no BC 2 de algum forma surpreendeu você, ou era algo que já esperava?

g6 – Noto: Surpresa para mim não foi porque sempre conheci o potencial do meu time e também todos os players do meu time jogam na net diariamente e conhecem muito bem todos os players dos grandes times que derrotamos e na net mesmo com ping sempre mais alto do que os outros jogamos de igual pra igual e isso fazia com que eu sabia que era questão de tempo para conseguirmos uma boa colocação e ela veio na BRCUP 2.

ESBR: Qual foi o jogo mais disputado do g6 no BC2? Foi o da final consolação contra o exotic.br? Fale um pouco sobre aquele jogo.

g6 – Noto: Lógico que foi esse jogo com OT e tudo mais. Esse jogo foi bem diferente do que o primeiro porque começamos de ct até ganhamos o pistol mais o erramos muito e no cs não se pode errar muito isso fez com q o jogo vira-se 8×7 pro exotic que por sinal jogo muito bem mudando totalmente seu estilo de jogar, depois que viro o jogo perdemos o pistol mais ganhamos o round ak, so que nuke e um mapa que um ct arrumado e muito forte de ser batido e mesmo de tr onde nosso jogo e melhor não conseguimos passar na frente deles e fez com q o jogo fica-se 15×13 pra eles obrigando agente a ganhar 2 rounds sendo 1 falido e assim foi feito levamos pra OT o jogo mais na OT continuamos a errar e perdemos o jogo, um jogo que fica na memória de todos os player pois foi aquele jogo que todos sabem que demos mole e que era para termos ganho, logicamente não tirando o mérito do exotic que volto a falar jogo muito bem.

ESBR: O que você achou do torneio em geral?

g6 – Noto: Nossa gostei muito do torneio na a reclamar e sim a elogiar apoka e um cara muito importante pro cs aqui do Brasil e esse novo campeonato que ele crio já e o mais importante do Brasil depois de ESWC, CPL, WCG.

ESBR: Como você analisa hoje o cenário capixaba de CS?

g6 – Noto: O Cs capixaba parece que agora depois desse nosso resultado parece que vai melhorar, pois agora temos um lan house chama X-ray que esta apoiando o cs no estado querendo realizar vários campeonatos para tentar reeguer o cs daqui.

ESBR: O que você tem a dizer sobre o objetivo do g6 de se tornar uma organização multigaming forte, com times e jogadores de várias modalidades?

g6 – Noto: Essa organização não foi nada pensada acabo acontecendo e pensada depois, mais se torno um ponto forte na tag com varias modalidades e times como o g6.es, g6.rj e g6.girls, está ae para disputar campeonatos e tudo mais, fica mais fácil atingir a mídia abrangendo mais jogos facilita os investidores por ser maior e ter uma divulgação maior, se tornando uma organização mais profissional.

ESBR: Depois do Brasil Cup 2, a situação do time melhorou com relação aos patrocinadores?

g6 – Noto: Depois da Brasil Cup fechamos com a X-ray um lan quer esta com a proposta de fazer com q o cs do ES melhore e volte a ser mais disputado, fechamos também com a Enfcorp que esta fazendo o site do time e um vídeo, porem ainda estamos atrais de alguma empresa que queira investir no time um amais para que possamos viajar para outros campeonatos com mais facilidade porque pra cada viagem que fazemos e uma aventura diferente, dormir em lan e talz, tenso, então se alguma empresa está disposta a investir nesse meio o g6 já conta com uma organização e com uma equipe grande já, se pode falar que o g6 é um time profissional e dedicado aguardando somente um investidor para se tornar cada vez melhor em um período menor.

ESBR: Fale um pouco sobre cada um dos jogadores da atual lineup do g6.ES.

g6 – Noto: Vamos lá.

Psico: jogador no qual confio 100% minha dupla no jogo, fazemos dupla a muito tempo jogamos juntos no butcher. Jogador completo joga com todas as armas e muito confiante no que faz. Ponto forte e a skill.

Saruman: Jogo a pouco tempo com ele mais o pouco tempo que jogo sei que ele e um jogador com a mira muito apurada menino hs, jogador que subiu de nível e muito pouco tempo e que agora faz parte do g6.

Trunten: Jagamos juntos a quase uns 2, 3 anos segundo capitão do g6 me ajuda nas táticas e em tudo no time organizando o time, jogador que usa mais a cabeça marotando pra matar do que apenas a mira.

Rapidz: Junto com ttn jogamos junto há muito tempo, rapidz e um jogador que faz diferença com jogadas novas skill bem alta e muito maroto também jogador de minha total confiança em round individuais.

ESBR: Quais são os planos do seu time para o resto de 2007?

g6 – Noto: Os planos são de disputar todos os grandes campeonatos de nível nacional, só que para isso estamos correndo atrás de patrocinadores para que possamos ir em todos esses campeonatos, no momento o g6 se encontra com um patrocínio da lan X-ray e do Enfcorp que esta criando nosso site na net.

ESBR: Como capitão do g6, o que você acha que é fundamental para um time ser vitorioso e conquistar bons resultados como no BC2?

g6 – Noto: Se dedicar ao jogo, aprender a jogar em time, e ter nesse time 5 jogadores no qual 1 confia no outro e treino muito treino.

BateBola

Jogo: CS
Player: cArn
Melhor map: de_inferno
Arma favorita: AK
Time de CS favorito: fnatic
CS:Source pra você: Jogo desconhecido ainda não parei pra jogar.

Resolução: 640×480
Sensitivity: 2.0
Seu mouse: Logitech G1
Seu fone: Dsp 500
Seu pad: Space Fire

Melhor Banda: DNA
Time de futebol: Botafogo
Comida: Japonesa
Uma frase: Somos Brasileiros não desistimos nunca

ESBR: O que gosta de fazer nas horas de lazer, além do CS?

g6 – Noto: Sair pra Night com meus amigos.

ESBR: Obrigado pela entrevista Noto. Que o g6 conquiste cada vez mais as melhores colocações daqui pra frente. Deixe um recado final para os leitores do ESBR.

g6 – Noto: Queria agradecer a equipe da ESBR e dizer que nunca desista de seus objetivos por mais que seja tudo difícil, e go treinar camps chegando