Time da Keyd é foco de ataques DDoS e perde partida

Time brasileiro sofre, consegue fazer 8 rounds mas acaba perdendo para  Team Nihilum.

Em jogo válido pela 5ª rodada da ESL Pro League ESEA 2015, a equipe  Keyd Stars tinha pela frente o time de  Hiko, o  Nihilum. O mapa era Train, parecia ser uma partida tranquila, pois a Keyd já havia vencido o time norte-americano no “primeiro turno” do campeonato com propriedade, mas não foi isso que aconteceu. Por volta do 5º round, pode-se perceber instabilidade no ping dos jogadores brasileiros, o que ocasionava um lag imenso, e logo fora descoberto o vilão: DDoS. O time inteiro foi bombardeado por ataques de Negação de Serviço, o que tornou uma partida impráticavel para a equipe canarinha. Ainda conseguiram pontuar 8 vezes, mas os ataques ficaram piores, o que fez o time praticamente “desistir” da partida e “dar” a vitória para o time de Hiko.

keyd

Em seu Twitter, o capitão da equipe, pediu para que os jogos da  Keyd, não fosse mais inseridos no site de apostas “CSGOLounge“, pois a maior motivação dos ataques era esse. Fazer a equipe perder, daria a vantagem para quem havia apostado no time norte-americano, e assim ganhando itens melhores de quem apostou no time brasileiro.

 

Capitão da equipe brasileira pede para que jogos da Keyd não sejam mais ‘apostáveis’” (Fonte/Créditos: Twitter Fallen)

Ok, águas passadas, outro jogo, outra liga, problema resolvido? Não. Mais tarde às 23:00, o encontro era contra o time canadense do affNity válido pela qualificatória da  FACEIT League 2015, o time conseguiu jogar bons rounds e praticamente garantir a vitória, quando o jogo estava 15×6 a partida foi adiada pela direção da competição que achou melhor interromper o game, pois já estava-se criando certa “rusga” entre os players dos times. Como jogada para bloquear os DDoSers, o Twitter da FACEIT anunciou que o jogo seria remarcado, mas o jogo continuou sem stream e o time da Keyd venceu o affNity por 2 mapas a 0 (Cache16×6 e Dust216×13).

 

Fallen ainda em seu Twitter apoiou o uso do site de apostas apenas para partidas jogadas em LAN, pois o risco de ataques DDoS ocorrerem são mínimos.

 

 

O infortúnio é apenas a falta de sensibilidade das organizações quanto aos times, pois esses tipos de ataques podem mudar o rumo da partida, assim como aconteceu nas 2 partidas. Deve-se adotar uma postura de respeito aos jogadores, e o mínimo a ser feito é a restituição das skins, pois com toda a certeza, o time foi prejudicado e não pode jogar seu 100%.

By
Paulo Henrique, 19 anos, estudante a Bacharel de Sistemas de Informação pela FACET em Curitiba no Paraná. Staff do SiteCS desde 2010.

Deixa uma resposta

Your email address will not be published. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*