Por dentro do ELEAGUE Major: Boston 2018: The Minors’ Champions – Concorrentes

Veja conosco um pouco sobre os times que irão participar do próximo Major em nossa série especial.

Com a nova regra, o Major agora conta com 24 equipes ao invés de 16. Por este motivo, agora, o Major opera em 3 fases, ao invés de 2. Hoje vamos conhecer mais sobre os concorrentes na categoria The Minors’ Champions, ou, os Campeões dos Minors, como preferir. São os times que ficaram em 2º lugar em seus respectivos Minors.

Team EnVyUs (2º Lugar no Minor Europeu)

O time composto pelos franceses Happy, SIXER, RpK, xms, ScreaM e maLeK como coach, traz consigo Happy, jogador com dois títulos, DreamHack Winter 2014 (Team LDLC) e DreamHack Open Cluj-Napoca 2015 (Team EnVyUs). A organização não tem tido resultados expressivos nos últimos campeonatos, levantando um trófeu contra a Heroic na DreamHack Open Atlanta 2017, evento que foi considerado Tier 2. O último título de expressão da organização foi a WESG 2016: Finals que ocorreu em Janeiro deste ano, com a antiga equipe que acabou dividindo-se e indo para a G2.

File:EnVyUs at DreamHack Tours 2017.jpg

Time atual da EnVyUs. Fonte: Liquipedia.

A equipe é de longe um time que veio para este Major sem grandes pretensões. É possível que a equipe não passe nem da Fase Preliminar, que é o antigo Major Qualifier, de toda forma é possível também que figurem como um time com possibilidades de avançar da Fase de Grupos.

Misfits (2º Lugar no Minor Americano)

A equipe composta pelos 3 estadunidenses seangares, ShazaM, SicK e os 2 franceses AmaNEk e devoduvek, tem sido a grande sensação ultimamente em termos de times dos Estados Unidos. Sendo considerada uma equipe pequena, o time liderado por seangares conseguiu recentemente figurar em 3º/4º lugar na ESL Pro League Season 6: Finals na Dinamarca, ficando a frente de times como Liquid, NiP e Astralis.

File:Misfits at DreamHack Tours 2017.jpg

Membros da equipe da Misfits. Fonte: Liquipedia.

Este é outro time que também tem poucas chances de passar sequer da Fase Preliminar, mas também pode com toda certeza surpreender os times maiores, pois é um time pequeno, pouco estudado que tem um poder de fogo muito grande, que acabaram de demonstrar em seu último campeonato do ano. A equipe vai chegar embalada para a Fase Preliminar do Major.

Quantum Bellator Fire (2º Lugar no Minor CIS)

Quem? Sim, esta é a pergunta mais adequada para esta equipe. Porém, não se engane, o time composto pelos russos balblna, jmqa, waterfaLLZ, Boombl4, iksou (coach) e pelo lituano Kvik tem dominado recentemente a cena do cenário CIS e surpreendeu classificando-se para a Fase Preliminar do Major, deixando times como Tengri e Team Spirit para trás.

Logotipo da equipe. Fonte: Liquipedia.

Por ser uma equipe de pouco reconhecimento, pode também surpreender, mas as chances de classificação para a Fase de Grupos é praticamente nula, pois seus jogadores tem pouca ou nenhuma experiência em grandes eventos, sendo o último resultado mais expressivo a classificação para a Fase Preliminar do Major.

TyLoo (2º Lugar no Minor Asiático)

A organização que já figurava no cenário internacional desde o CS 1.6, está de volta novamente para tentar participar de um Major. Composto pelos chineses DD, Mo, somebody, pelo ucraniano bondik e pelo brasileiro peacemaker (que é coach da equipe, porém, terá de participar como jogador na equipe). Esta equipe domina o cenário asiático, a menos que jogue contra a Renegades, adversário da Oceania que por vezes disputa vagas nos qualificatórios asiáticos.

File:TyLoo Line-up 2017.jpg

Da esquerda para a direita: somebody, BnTeT, Mo, HZ e DD. Fonte: Liquipedia.

Esta é uma equipe que constantemente dá trabalho para times Tier 1 e até já bateu a SK na DeamHack Malmö 2016, logo após o time ser campeão de seu primeiro Major, porém recentemente tem tido resultados mais locais e de baixo nível. Pode, todavia, surpreender também na Fase Preliminar do Major. Seu último resultado expressivo foi um segundo lugar na ROG Masters 2017 na final contra a Gambit, onde perdeu por 3:0.

E aí, animado para o Major? Veja quanto tempo falta, clicando aqui. Acompanhe no SITECS a cobertura.

Acompanhe mais sobre nossa cobertura do Major:

• Como funciona o novo Major – ELEAGUE Major: Boston 2018

• Novos adesivos para o ELEAGUE Major: Boston 2018

By
Paulo Henrique, 19 anos, estudante a Bacharel de Sistemas de Informação pela FACET em Curitiba no Paraná. Staff do SiteCS desde 2010.

Deixa uma resposta

Your email address will not be published. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*