Keyd passa e garante classificação para quartas de finais

Depois de heróicos jogos contra  HellRaisers e  CLG, o time brasileiro consegue sua classificação para as quartas de finais da  ESL One Katowice 2015, além de $10.000 em premiação (cerca de 30 mil reais).

Depois de um dia cheio de confrontos intensos, com várias “lavadas” e outros resultados óbvios tivemos os resultados de quem irá disputar as quartas-de-finais da   ESL One Katowice 2015. No primeiro confronto do dia tivemos um clássifco francês  EnVyUs Titan, jogando o mapa Cbble, em uma partida disputada EnVyUs acabou saindo vitorioso por 16×14. O segundo jogo foi entre  PENTA e  LGB na Dust2, com parciais de 13 pontos para a LGB e 2 para a PENTA, finalizando a partida em 16×3 para o time norueguês (MVP:  Rain 21/9). O terceiro embate deu-se entre  fnatic e  vOx, em um jogo relativamente fácil para o time sueco que levou o primeiro half por 13 a 2, não foi difícil vencer o time australiano por 16 a 3 (MVPJW 20/7). Na quarta partida enfrentaram-se  FlipSid3 e  Na’vi em um clássico ucraniano que terminou com a vitória incontestável da Na’vi por 16×2, com parcial de 14 a 1 para o time vencedor (MVP:  Guardian 21×12). Às 11:17 horário de Brasília, iniciou-se o jogo entre  EnVyUs e  LGB no mapa Cache, com parciais de 9 rounds para o time francês a 6 do time norueguês, melhor para os franceses que levaram a partida por 16×8, sendo  Smiithz o MVP da partida com 22 frags e 8 mortes.  Titan e  PENTA protagonizaram o sexto confronto do dia, saindo a PENTA vencedora da disputa por 16×4, parciais de 11×4 (MVPDenis 28/12), assim eliminando o time francês. E não parou por aí, ainda pelo Grupo A, tivemos o embate de  FlipSid3 e  vOx para decidir quem seria eliminado da competição, a vOx levou a melhor e conseguiu respirar vencendo o time ucraniano no mapa Cache por 16×02 (MVP: Havoc 21/8 e TopGun 21/8).

 Virtus.pro”. (Fonte/Créditos: HLTV.org)

Em um jogaço entre  Na’vi e  Fnatic (pelo menos para a Fnatic), que decidiu quem seria o líder do grupo e classificaria-se para a próxima fase, o time sueco passou facilmente sobre o time ucraniano por 16×3 no mapa Inferno, com parciais de 14×1 (MVP: Guardian 22/8). Pelo grupo B, deu-se a disputa para saber quem iria classificar-se para a próxima fase entre  PENTA e  LGB na Dust2, re-editando assim o confronto anterior entre as 2 equipes, na qual o time norueguês saiu vitorioso na ocasião. Mas os alemães não estavam dispostos a seres eliminados e fizerem por valer, num jogo apertado que terminou em 16×12, o PENTA ganhou do LGB, classificando-se assim e eliminando o adversário (MVP: KRYSTAL 32/17 / Parciais: 8×7 PENTA).

Abrindo os trabalhos do Grupo C, enfrentaram-se  CLG e  HellRaisers no mapa Nuke. E quem diria que esse seria um dos jogos mais emocionantes do dia? Perdendo de 13 a 2, o time norte-americano encontrou forças e virou o placar vencendo o time do HR por 16 a 14, tendo  Tarik como seu MVP (26/21). E então chegou a hora esperada por todos Brasil vs Suécia mais uma vez, se no futebol nossa Seleção vai bem, no CS:GO nem tanto assim. Jogando Inferno, começando de CT nosso time não conseguiu segurar os avanços suecos e acabou fechando o primeiro half por 12 a 2 à favor do  NiP. Passando para TR a  Keyd conseguiu encaixar alguns rounds, mais nada que oferecesse risco à NiP, fechando o jogo por 16 a 9 para o time de  GeT_RiGhT (MVPXizt 26/18). Voltando para o grupo A, houve o jogo entre  vOx e  Na’Vi para decidir quem seria eliminado da competição. No mapa Inferno, o time ucraniano levou a melhor com parciais de 14 a 1 e resultado final de 16×3 (MVP: Guardian 22/8).

“Keyd Stars na ESL One Katowice 2015.” (Fonte/Créditos: HLTV.org)

Depois da derrota diante à  NiP, a  Keyd teria mais uma pedreira pela frente, a  HellRaisers. Exatamente às 15:33, iniciou-se o jogo de vida ou morte para ambos os times e também um dos mais emocionantes do torneio. O time liderado por  Fallen, começou de TR (seu lado mais forte), tentou impor seu estilo de jogo, mas foi parado pela muralha do HR, e acabou fechando o primeiro half por 10 a 5 para a HellRaisers. E assim com o a  CLG, o time que agora jogara como CT, segurou todas as tentativas da HR de plantar a C4 e heroicamente virou o placar e venceu o jogo por um placar apertado de 16×12, tendo como MVP o jovem Boltz que matou 24 inimigos e morreu 16. Mas mesmo assim não era o suficiente para o time manter-se no campeonato, e teve de esperar o resultado de CLG e NiP para saber quem seria seu adversário no último e decisivo confronto do dia.

Após este jogaço, inicou-se o jogo de  Virtus.pro e  3DMAX pelo grupo D. Como esperado o time polonês bateu facilmente o time finlândes por 16 a 5, com parciais de 12 a 3 (MVP: Neo 20/10).  Ainda pelo grupo D, tivemos o embate de  TSM e  Cloud9. Começando de CT o time dinamarquês, impôs seu ritmo no mapa Nuke e segurou o time norte-americano, fechando o primeiro tempo por 13 a 2. E como aconteceu nos jogos de  CLG e  Keyd, tivemos uma nova virada de mesa por parte do time da C9 que conseguiu reverter seu placar para 16×14, colocando assim o TSM na berlinda (MVP: DUPREEEH 27/21).

“Na foto  Ptr jogador da  CLG”. (Fonte/Créditos: HLTV.org)

No jogo dos vencedores do grupo C, enfrentaram-se  NiP e  CLG para a decisão de quem iria classificar-se para as quartas de finais. E sem titubear o time sueco mostrou à que veio neste campeonato, e na Mirage derrotou o time do querido  Ptr por 16 a 7 (MVP: friberg 25/13 / Parciais: 13 NiP x 2).  3DMAX e  TSM fizeram o confronto dos desesperados pelo grupo D, ou seja, quem perdesse estava fora do Major. Em uma partida de folga de começo para a Team SoloMid que havia começado de CT, o time dinamarquês fechou o half por 11 a 4 e finalizou o 3DMAX por 16×10, eliminando assim o time finlandês.

E chegou a hora do jogo decisivo para a  Keyd, o jogo que decidiria se o time brasileiro iria ficar, ou iria arrumar suas malas. E com toda a garra do mundo, nosso time usou sua vitória diante a  HellRaisers como inspiração e foi com tudo para cima do  CLG. O time tupiniquim nem pouco importou-se com a amizade criada com os jogadores norte-americanos e literalmente, atropelou o CLG por 14 a 2 no primeiro half na Dust2 de TR. Na virada para CT, conseguiu sofrer mais 6 rounds, mas parou por aí a tentativa do time de  Ptr, e a Keyd fechou a partida impecavelmente por 16 a 8 contra uma visivelmente desacreditada CLG (MVP: fer 24/11). Garantindo assim, sua vaga para as quartas-de-finais e $10.000.

https://www.youtube.com/watch?v=UbLf50jFqUI

E no jogo para a decisão do classificado do grupo D, tivemos  Virtus.pro e  Cloud9, que neste ponto do dia já estava entediante e cansativo, onde os 2 times brigaram e brigaram mas a VP saiu classificada do confronto por 16×11 (MVP: byali 22/17/ Parciais: 12 a 3 VP). Depois da derrota, a  Cloud9 foi obrigada novamente a jogar contra a  TSM (time que já havia derrotado antes) para disputar a vaga no Major, e em um jogo também igualmente chato, com pauses, o time dinamarquês ganhou por 16 a 8, eliminando a praticamente falida Cloud9 (MVP: dupreeeh 20/15 / Parciais: 9×6 TSM).

https://www.youtube.com/watch?v=APOLgfgA_zw

By
Paulo Henrique, 19 anos, estudante a Bacharel de Sistemas de Informação pela FACET em Curitiba no Paraná. Staff do SiteCS desde 2010.

Deixa uma resposta

Your email address will not be published. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*