O CS:GO é verde e amarelo

O primeiro grande torneio de Counter Strike: Global Offensive das américas simplesmente coroou pela primeira vez uma equipe brasileira no topo do mundo. Passado dez anos do feito pelo MIBR em 2006 na ESWC (que infelizmente perdeu o prestigio que tinha) no CS 1.6, o Brasil voltou a brilhar no cenário de e-sports mais uma vez, a line formada por Fallen, Fer, FnX, Taco  e Cold souberam administrar quando estavam com a vitória em mãos e correr atrás do que parecia perdido.

Relembrar o feito pelo Mibr foi algo que fizemos e muito nas últimas semanas, 10 anos após aquela ESWC onde os brasileiros colocaram o Brasil no topo do mundo foi emocionante, e agora temos mais uma vez do que nos orgulharmos da equipe brasileira mais vitoriosa do e-sports brasileiros.

BR

Vale lembrar que a um ano atrás a então Kabum.TD saia do Brasil em busca de um torneio nos EUA o X-Games Austin e logo surgiu o convite para o qualificatório em Katowice para o major da ESL, toda a comunidade de CS:GO brasileira, americanos e europeus ajudaram a então line Fallen, ZqK, Boltz, Fer e Steel a irem e conquistar a vaga para o torneio, logo como azarão no torneio a os brasileiros conseguiram tag de legend e se classificaram para o major seguinte e sempre se classificando para as quartas de finais mas nunca alcançando algo além. Vieram alguns kicks, primeiro a saída de ZqK e a entrada de Cold em seu lugar fez com que Fallen voltasse a ser o AWP principal do time, após essas modificações passado a IEM San José vieram os Kicks de Steel e Boltz (que foi muito criticado na época mas hoje surgiu efeito).

Alguns resultados foram notórios como o segundo lugar na Faceit Finals (mesmo perdendo por 16-0 para o Fnatic na estréia os brasileiros conseguiram arrancar um mapa dos suecos), o mesmo ocorreu na IEM Katowice e vinha sendo sempre uma pedra no sapato dos brasileiros (obrigado Astralis).

Agora mais uma vez o Brasil está no topo do mundo do principal jogo de FPS, vale lembrar que esse torneio sagrou Lincoln ‘FnX’ Lao pela segunda vez campeão mundial, ele que por alguns deslizes quase pois sua carreira a perder, mas com muita sabedoria voltou a jogar o fino do CS e conseguiu com sua experiência jogar muito bem todo o major.

Agora a equipe brasileira da LG junto com a line também brasileira da Tempo Storm seguem para Malmo na Suécia para jogar a DreamHack.

By
Bacharel em administração, Palmeirense fanático, palestrante desmotivacional, adepto a barba de mendigo, amante de qualquer Fps, estudante de CS:GO aficionado e newbie nas horas vagas. :)

Deixa uma resposta

Your email address will not be published. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*